TI em alta: profissões, salário médio e cursos na área de programação

Em poucos meses, é possível se formar em uma profissão com salários médios que chegam a R$ 4,3 mil. SENAI realiza Semana do Programador de Sucesso, com aulas on-line e descontos

Retrato de uma desenvolvedora de TI sorrindo para a câmera enquanto digita no teclado com o código de programação preto e laranja na tela do computador e laptop no interior do escritório
Os novos cursos já estão disponíveis na Loja Mundo SENAI com 40% de desconto

Com um saldo positivo de vagas de empregos, mesmo com a pandemia, a área de Tecnologia da Informação (TI) deve manter a curva de crescimento nos próximos anos. Para atender a demanda por profissionais de software, como programadores e desenvolvedores, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) está com novos cursos. 

A carreira é promissora. Além da entrada rápida no mercado do trabalho, esses programadores poderão trabalhar na indústria e em outras áreas, presencialmente ou de maneira remota, no Brasil ou qualquer lugar do mundo. O salário médio é outro atrativo, variando de R$ 3 a 5 mil.

Os cursos que o SENAI está lançando na modalidade de Ensino a Distância (EaD) têm certificado reconhecido pelas grandes empresas de TI e possuem duração entre 348 horas e 670 horas.

Na próxima semana será realizada a Semana do Programador de Sucesso, com aulas on-line sobre as principais linguagens de programação utilizadas no mercado mundial. Na terça-feira (13) será sobre C#; na quarta (14), Python; e na quinta (15), Java. Todas as aulas começam às 19h15. Cada dia terá um convidado com ampla experiência no mercado de trabalho e sorteios. A transmissão será no canal do YouTube do SENAI.

O que faz um programador?

Os programadores desenvolvem e aperfeiçoam sites, aplicativos, programas de computador, sistemas operacionais, sistemas de empresas e redes sociais. Trata-se de uma profissão transversal, com possibilidade de atuação em diferentes setores, como serviço, comércio e na indústria.

Vagas

De 2020 a abril deste ano, as profissões de Programador de internet, Programador de sistemas de informação e Programador Multimídia tiveram um saldo positivo (contratações menos desligamentos) de 9.566 vagas de trabalho.

Salário médio

Programador de internet: R$ 3.212,15
Programador de sistemas de informação: R$ 4.360,19
Programador Multimídia: R$ 3.901,06

Profissões e novos cursos já disponíveis na Loja Mundo SENAI - Loja Nacional com 40% de desconto:

Programador Front-End 

O Desenvolvedor Front-End é responsável pela experiência do usuário dentro de uma aplicação web, como um site ou um aplicativo. Utilizando linguagens de programação como HTML, CSS e JavaScript, ele desenha e desenvolve as páginas com as quais o usuário irá interagir.
Duração: 348h
Valor: R$ 745,98

Programador Back-End

Esse profissional programa os sistemas que estão por trás da parte visual, como as configurações de como utilizar banco de dados, fazer login, comprar um produto ou até mesmo buscar informações em um site. Para isso, ele utiliza linguagens de programação como Java, C# e Python.
Duração: 450h
Valor: R$ 964,97 

Programador Full-Stack

O Programador Full-Stack reúne os conhecimentos e realiza os trabalhos dos programadores Back-End e Front-End. Ou seja, ele programa a parte visual - interface - e não visual do sistema, com linguagens de programação como Java, C#, Python, HTML, CSS e JavaScript. 
Duração: 670h
Valor: R$ 1.431,12 

Outros cursos que serão lançados em breve

Desenvolvedor Mobile Android (428h), Desenvolvedor Mobile IOS (428h), Desenvolvedor Mobile Multiplataformas Duração (428h) e Desenvolvedor Mobile (932h).

Acompanhe as novidades nas redes sociais do SENAI: Facebook, Instagram e Twitter.

Relacionadas

Leia mais

Confira os novos cursos no SENAI em 2021
SENAI lança academias e cursos para formar profissionais de cibersegurança
Vai dar match! Conheça o Contrate-me

Comentários