SENAI inicia seletivas nacionais para WorldSkills 2022

Os alunos de cada região já foram selecionados para tentar garantir um lugar na maior competição de profissões do mundo. Os ganhadores garantem vaga para a disputa mundial em Shangai, na China

Na Bahia, estudantes de cinco estados competem na categoria Robótica Móvel

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) iniciou as seletivas nacionais da competição de educação ocupacional WorldSkills (WSC). A disputa busca o desenvolvimento e a excelência de profissões técnicas e de serviços da indústria.

Esta semana, o estado da Bahia começou a primeira etapa da seletiva nacional. Equipes da Bahia, Paraná, Minas Gerais, São Paulo e Rio Grande do Sul competem na ocupação Robótica Móvel, no SENAI Lauro de Freitas – BA (acompanhe as transmissões pelo Instagram e YouTube). 

Em Belo Horizonte, as disputas são no SENAI Américo Renê Gianetti com participantes do Alagoas, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio de Janeiro e São Paulo, que disputam a melhor classificação na categoria Panificação. 

Avaliação nacional

Nesta etapa da competição, os alunos de cada região já foram selecionados e concorrem vaga para o mundial WordSkills 2022, que ocorrerá em Shangai, na China, entre os dias 12 e 17 de outubro de 2022. A Seletiva Nacional conta com 279 competidores competindo vaga para a Delegação Brasileira. 

Representando seus Estados, os competidores selecionados disputam entre si e, ao final, os três primeiros colocados são premiados com medalhas (ouro, prata e bronze). Para isso, os alunos realizaram um Projeto Teste (prova), que possui competências técnicas e socioemocionais a nível mundial e simula uma situação real de trabalho em cada ocupação. 

As Seletivas Nacionais no SENAI Lauro de Freitas (BA) encerram nesta quarta-feira (15), às 18h

Os Experts realizam as avaliações dos Projetos Testes desenvolvidos pelos competidores em cada profissão e definem os finalistas. Por fim, para selecionar os participantes da Delegação Brasileira da competição internacional, os medalhistas de ouro e prata passarão por uma prova final. 

O Brasil oferece competição em 56 ocupações da área da indústria e 7 da área de serviços, oferecida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). Robótica Móvel, Panificação, Mecânica Industrial, Confeitaria, Manufatura Integrada e Fresagem a CNC são algumas das profissões que integram a WorldSkills. Entretanto, devido à pandemia do coronavírus, somente dez ocupações terão disputa de medalhas (entre 1º e 2º lugar). 

WordSkills Competition 

A competição foi idealizada em 1946, logo após a Segunda Guerra Mundial, e criada em 1950 com o intuito de incentivar jovens a adquirir conhecimentos técnicos necessários para reparar um mundo devastado pelas batalhas militares. 

Jovens de todo o mundo e os melhores alunos de cada continente se reúnem para disputar medalhas em diferentes modalidades. Após a seleção das Delegações representativas de cada profissão técnica para as disputas, podendo ser escolhido uma pessoa ou equipe. 

A última edição da competição aconteceu em Kazan, na Rússia, em 2019. Mais de 1.300 competidores de 63 países, em 56 modalidades, participaram do evento. O Brasil ficou em 3º lugar geral e conquistou 2 medalhas de ouro, 5 pratas e 6 bronzes, nas modalidades de Desenho Mecânico em CAD, Mecânica de Veículos Pesados, Computação em Nuvem, Tecnologia da Moda, Tornearia CNC, Engenharia de Moldes para Polímeros, Cuidados de Saúde e Apoio Social, Instalações Elétricas Prediais, Segurança Cibernética, Aplicação de Revestimento Cerâmico, Tecnologia de Laboratório Químico, Mecatrônica e Soldagem respectivamente.

Jovens disputam vaga para Delegação Brasileira na WorldSkills Shangai 2022

Acompanhe as redes sociais 

Para ficar por dentro das Seletivas Nacionais, acompanhe os perfis oficiais do SENAI de seu estado e fique de olho nos prazos anunciados. Não perca essa oportunidade profissional!

Relacionadas

Leia mais

Curso técnico ajuda a escolher melhor a profissão, diz medalhista da WorldSkills
Trabalho do SENAI contra o coronavírus é reconhecido por presidente da WorldSkills
Os segredos dos campeões: medalhistas na WorldSkills 2019 contam suas táticas

Comentários