Estudantes apresentam minicoleções em desfile do SENAI Brasil Fashion

Inclusão e diversidade marcaram o evento, que teve como tema Todo mundo tá na moda. Alunos criaram coleções pra satisfazer todo tipo de público
"A moda aqui hoje é uma ferramenta de diversidade e de inclusão de corpos" - Giovanna Ewbank

Uma noite pra ficar na história do SENAI Brasil Fashion. O desfile promovido nesta quinta-feira (22), no Espaço Ação Cidadania, no Rio de Janeiro, surpreendeu pela criatividade, estilo e personalidade das criações. Com o tema Todo mundo tá na moda, foram abordadas questões ligadas ao  empoderamento feminino, à diversidade sexual, inclusão de pessoas com algum tipo de deficiência, idosos e preconceito. 

Não bastasse tudo isso, na passarela havia top models e modelos que fogem dos padrões tradicionais, acima do peso, albinos, com pernas mecânicas e até um deficiciente visual. "O tema é um convite para que todos possam fazer uma reflexão sobre a moda além da roupa. A moda aqui hoje é uma ferramenta de diversidade e de inclusão de corpos", disse a atriz Giovanna Ewbank, que apresentou os desfiles.

Estudantes de cursos de moda, design e vestuário do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) desenvolveram as minicoleções. As peças foram criadas por 12 duplas, sendo um estilista e um modelista. Só que pra desenvolver tudo, as duplas tiveram a orientação dos estilistas Alexandre Herchcovitch, Lenny Niemeyer, Lino Villaventura e Ronaldo Fraga. Eles foram os coaches dos alunos durante o processo de criação e produção da minicoleção.  

A dupla de pernambuco, o estilista Marcel Pereira Feitosa e a modelista Janaína Albuquerque, abriram a noite de desfiles com a  coleção a Cor do toque, direcionada para deficientes visuais. "Nós encaramos o cego como um colecionador de experiências, um aventureiro no cotidiano. Por isso nos inspiramos no camping e no trecking e nas roupas de montanhismo", disse Marcel. 

A top Carol Trentini com a dupla de estudantes do SENAI de Pernambuco

A dupla do SENAI de Minas Gerais, o modelista Douglas Carlos da Silva e o estilista Otávio Augusto, apresentou a coleção Os fortes vivem, voltada para pessoas com deficiência de locomoção. "A gente se inspirou em pessoas próximas do nosso dia a dia que têm pernas amputadas e enfrentam dificudades variadas", explicou Douglas. 

O curador do SENAI Brasil Fashion, Marcelo Ramos, destacou que a edição deste ano foi uma experiência desafiadora no sentido de aproximar os alunos do mercado e de trabalhar com diferentes consumidores. "O desafio de colocar todo mundo na moda está relacionado a fazer o design e a habilidade de os estilistas e modelistas pensarem na diversidade de público que eles podem atender. Eles estão em rede, em contato com uma diversidade enorme de produtos e serviços de moda e podem escolher melhor o que querem. O resultado foi um desfile diverso em termos de corpos, estilos e perfis de consumidores", avalia. 

O SENAI Brasil Fashion é organizado pelo SENAI CETIQT (Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil), que fica no Rio de Janeiro. 

A modelo mineira Paola Antonini, musa da Paralimpíada 2016

UM OLHO NA PASSARELA, OUTRO NO FUTURO - A modelista do SENAI do Maranhão, Joseti Viegas, estava empolgada com o resultado do projeto e otimista com os rumos da vida profissional. "O SENAI Brasil Fashion pra mim é uma experiência nova porque agrega mais valor a minha vida profissional, principalmente pelas pessoas que a gente conhece aqui, nossos coachs, que são profissionais conceituados no mercado. Agora me sinto mais segura para trabalhar com moda", conta. 

A estudante do SENAI CETIQT, a modelista Maria Levy, saiu do evento fazendo planos. Ela conta que o trabalho em dupla com a estilista Isabela Santhiago rendeu mais que uma mini coleção, virou uma parceria para outros projetos. "A gente se deu super bem. Hora eu era estilista, hora modelista e tudo fluiu. Foi uma oportunidade incrível e agora estamos pensando em trabalhar juntas. Vamos formar uma dupla e abraçar as opotunidades", diz. 

VEJA O DESFILE - Acesse o canal do SENAI Brasil Fashion no YouTube e veja como foi o desfile. As fotos estão disponíveis no Flickr da CNI

Relacionadas

Leia mais

Começa mais uma edição do SENAI Brasil Fashion
SENAI Brasil Fashion leva diversidade para a passarela
VÍDEO: SENAI CETIQT é referência em moda no Brasil

Comentários