FIER lança serviço de acesso ao crédito em evento on-line

Com a iniciativa, empresários de Roraima passam a contar com o apoio de profissionais especializados para escolherem o melhor financiamento disponível
O NAC é uma estrutura de atendimento ao setor empresarial agora disponível na FIER

A Federação das Indústrias do Estado de Roraima (FIER) lançou do Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC) do estado, por meio de uma live, em seu canal no YouTube. O evento, acompanhado pelo presidente da entidade, Rivaldo Neves, contou com a participação do diretor de desenvolvimento industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Carlos Eduardo Abijaodi. 

“O que nós queremos é trazer informações sobre as linhas emergenciais para vocês, que tem sido criadas pelo Governo. Isso é uma das coisas importantes dessa oportunidade, porque o Governo criou muitas linhas que não serão permanentes, mas que estarão a disposição das empresas nesse momento da pandemia. A rede NAC, então, tem trabalhado para levar informações de forma simples, acessível para as micro, pequenas e médias empresas”, declarou Abijaodi. O lançamento ocorreu em evento virtual realizado em 21 de julho. 

Logo após, aconteceu a palestra sobre acesso ao crédito no contexto atual, ministrada pela consultora da CNI, Maria Aparecida Bogado, com vasta experiência e mais de 30 anos de atuação na área.

A apresentação abordou tópicos como a situação econômica do Brasil e as medidas imediatas tomadas pelo Governo Federal em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus, assim como as medidas adotadas pelo Banco Central para poder aumentar a liquidez no sistema financeiro nacional.

"A gente teve um volume de recursos disponibilizados pelo sistema financeiro, mas eles não chegaram na mesma proporção em que se esperava, o que causou: menor apetite dos bancos na hora de emprestar, devido ao momento de incerteza em relação a crise; maior seletividade das empresas para fazer o financiamento; e um rigor muito maior nas análises de risco de crédito, ou seja, embora tenham sido criadas várias medidas o acesso ficou restrito", explicou Bogado.

Outros temas explanados foram :

  • O Programa Emergencial de Suporte a Empregos;
  • Tipos de créditos concedidos pelo BNDES;
  • Crédito Especial Fundos Constitucionais (FCO, FNE, FNO);
  • PROGER Urbano Capital de Giro;
  • Medidas da Caixa Econômica Federal para Redução da Taxa de Juros;
  • FAMPE (Parceria CEF e Sebrae);
  • Medidas FINEP;
  • Fundo Geral do Turismo (FUNGETUR);
  • Programa Nacional de Apoio às MPES (PRONAMPE);
  • E o Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (PEAC-FGI e Maquininhas).

Ao final, Bogado explicou como é possível acessar os recursos, apresentando os bancos que disponibilizam as linhas de créditos citadas em sua fala, as etapas para a obtenção dos mesmos e as possíveis mudanças para eliminar as barreiras de acesso às linhas emergenciais.

Além disso, foi apresentado o modelo de atendimento do NAC Roraima e, ao final, abriram espaço para uma rodada de perguntas.

Mais informações sobre o NAC Roraima

O Núcleo é uma estrutura de atendimento ao setor empresarial agora disponível na FIER, que oferece serviços padronizados de orientação, capacitação, assessoria e consultoria ao crédito às micro, pequenas e médias empresas do setor industrial. Há também a divulgação de oportunidades de crédito, distribuição de material informativo, realização de cursos, palestras e seminários com temas relacionados a gestão financeira.

De acordo com a coordenadora Karen Telles, o NAC será um interlocutor entre as oportunidades de crédito e as necessidades dos empresários, pois “visa aproximar a demanda e a oferta de crédito, ajudando as empresas a fazerem as melhores escolhas para captar os recursos necessários aos seus investimentos e a operação do setor industrial”, afirmou. 

Na prática, o núcleo funcionará da seguinte forma:

  1. A empresa informa qual a necessidade de crédito
  2. Passo: Se necessário, NAC solicita informações adicionais;
  3. NAC analisa o perfil da empresa e busca as melhores opções e
  4. NAC informa condições e documentos exigidos, orientando para solicitação junto à Instituição Financeira.

A utilização desse serviço oferece diversas vantagens para o empresário, pois a equipe de técnicos da FIER irá realizar todo um diagnóstico da demanda entregue pelo empresário, realizando uma pesquisa junto aos bancos para encontrar as melhores ofertas de crédito; análise do perfil e da necessidade da empresa para reunir as melhores opções para o empreendedor; orientação sobre documentos, exigências e linhas específicas; além de economizar tempo para a empresa e reduzir o risco de que a proposta fique impedida de seguir os trâmites no banco por falta de documentos ou informações, pois a equipe oferece todo apoio para o acompanhamento das propostas submetidas pela empresa.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

Em diálogo do B20, setor privado defende cooperação
Empresário industrial retoma confiança na economia em agosto
Brasil amplia digitalização do comércio exterior

Comentários