Iniciativa de manutenção de respiradores coordenada pelo SENAI é destaque no Jornal Hoje, da TV Globo

Reportagem exibida nesta quarta-feira (12) ressaltou a marca de 2 mil aparelhos consertados e devolvidos a hospitais de 336 municípios, assim como o agradecimento de paciente que teve Covid-19 e utilizou equipamento reparado
A matéria destacou o trabalho de manutenção realizado por voluntários no SENAI Cimatec, em Salvador

O Jornal Hoje, da TV Globo, exibiu, nesta quarta-feira (12), reportagem sobre a marca de 2 mil respiradores pulmonares consertados por iniciativa coordenada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). O material destacou o trabalho de manutenção realizado por voluntários no SENAI Cimatec, em Salvador, onde a ação teve origem, em março, pouco depois de a pandemia do novo coronavírus atingir o Brasil.

A reportagem mostrou o agradecimento do vigilante Neumário Marco da Silva, 47 anos, que ficou internado 30 dias no Hospital Agenor Paiva, em Salvador, com Covid-19. Durante o tratamento, ele passou 15 dias na UTI e sete dias na Unidade de Terapia Semi-Intensiva. Nos momentos mais críticos da doença, ele utilizou respirador restaurado pela Iniciativa + Manutenção de Respiradores. Para ele, o aparelho foi importante na sua recuperação.

“Com a ajuda dos aparelhos, graças a Deus, eu sobrevivi. Com certeza, o aparelho teve uma parcela de contribuição para meu tratamento”, avalia.

Nesta semana, foi atingida a marca de 2.007 ventiladores pulmonares consertados gratuitamente e devolvidos a instituições de saúde em 336 municípios de 24 estados e no Distrito Federal. A estimativa é cada equipamento possa salvar até dez vidas durante seu prazo de utilização. Foram recebidos 3.989 respiradores de todos os estados, dos quais 951 estão em manutenção e 173 passam por calibração, última etapa antes da devolução ao serviço de saúde. A maioria dos equipamentos restaurados precisava de novas peças para voltar a operar. 

Os aparelhos estavam sem uso e foram restaurados graças à união de 28 instituições e empresas: unidades do SENAI, ArcelorMittal, BMW Group, Fiat Chrysler Automóveis (FCA), Estúdios Globo, Ford, General Motors, Honda, Hyundai Motor Brasil, Instituto Votorantim, Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e POLI-USP, Jaguar Land Rover, Mercedes-Benz do Brasil, Moto Honda, Petrobras, Renault, Scania, Toyota, Troller, Usiminas, Vale, Volkswagen do Brasil e Volvo do Brasil, com o apoio do Ministério da Saúde, do Ministério da Economia, do Ministério da Defesa, da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e da Associação Brasileira de Engenharia Clínica (ABEClin).

Além do SENAI, investiram mais de R$ 4 milhões em aquisição de peças para viabilizar o reparo dos equipamentos a Petrobras, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Votorantim e a aliança Todos pela Saúde, que conta com recursos do Banco Itaú, entre outros doadores.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

Rede voluntária coordenada pelo SENAI conserta mais de 2 mil respiradores
Empresário industrial retoma confiança na economia em agosto
Nova Plataforma Inovação para Indústria vai investir R$ 54 milhões em projetos inovadores

Comentários