Próxima fase! Desafio Covid-19 de Robótica encerra primeira etapa

Mais de 300 equipes enviaram projetos inovadores buscando minimizar e prevenir a disseminação do novo coronavírus em todo Brasil
As reuniões de equipe acontecem por ferramentas da internet devido a pandemia, mas isso não desanimou os jovens

A primeira etapa do Desafio Covid-19 de Robótica, do Serviço Social da Indústria (SESI), termina nesta sexta-feira (31). Ao todo 367 equipes de todo Brasil participaram desta fase e apresentaram ideias para minimizar o contágio do novo coronavírus.

“Aliar as aulas de robótica em busca de soluções para essa crise que tem atingindo todo o mundo, é algo bastante gratificante e de muito entusiasmo para os nossos alunos. Temos feito o possível para encontrarmos uma solução que contribua para o bem-estar de todos”, explica a professora de Robótica do SESI do Maranhão, Conceição Oliveira, que está acompanhando as equipes do estado.  

O desafio é composto por duas fases principais: a fase 1 era a apresentação da ideia, com base nos quatro critérios de avaliação composto pela pesquisa, criatividade, inovação, empreendedorismo e impacto social, na qual as equipes tiveram que enviar vídeos de defesa do projeto. Já a fase 2 consiste na demonstração e detalhamento da solução proposta também por meio de vídeo. 

Na opinião da juíza voluntária Kenya Nunes, a adesão dos jovens a esta competição se deve a vontade de poder fazer alguma coisa para ajudar ao próximo, já que a empatia é um dos valores trabalhados nos Torneios SESI de Robótica desde o início.

“Diante dessa pandemia, a gente se sente impotente e com as crianças não é diferente. Acho que isso se reflete na adesão que houve nesse desafio, que é um torneio virtual, demanda muita leitura e escrita, e ainda é em equipe – ou seja, eles precisam se organizar para fazer as coisas mesmo com a distância”, conta a professora de Ciências e Biologia da escola municipal Gracy Vianna Lage, em Belo Horizonte.

A professora Kenya já foi voluntária em outras competições de robótica do SESI

Entretanto, nem mesmo o distanciamento social desanimou os jovens. As equipes começaram a fazer reuniões virtuais por ferramentas da internet como Microsoft Teams, Google Meets, além do próprio Whatsapp. No vídeo, a seguir, dá para matar a saudade das competições presenciais e saber mais sobre essas adaptações durante a pandemia. Confira!

Participação das meninas na robótica

Assim como as competições presenciais, no Desafio Covid-19 de Robótica estão participando estudantes de escolas públicas, privadas e de garagem, além dos alunos do SESI. No total, 1993 jovens compõem as equipes inscritas e destes, 929 são meninas.

A estudante Karoline Victória, é integrante da equipe Robot KND, do Rio Grande do Norte, e explica que decidiu participar do desafio assim que soube, pois será uma forma dela se despedir das competições de robótica.

“Eu participo da FIRST LEGO League (FLL) tem 5 anos e, infelizmente, esse ano eu não iria participar da competição por causa da minha idade. Como o desafio do Covid-19 vai até os 18 anos, eu fiquei bem animada para participar mesmo sendo tudo virtual. A robótica é uma coisa que me anima e me motiva bastante”, conta a jovem, que estava cansada da rotina monótona causada pela pandemia. “Participar desse desafio será uma forma de dar tchau a esse meu ciclo de competidora” completa, Karol.

Enquanto isso, para Larah Sousa, que integra a equipe Robotic Angel´s, do SESI de Maranhão, essa é uma experiência única. “É com muito orgulho que componho essa equipe em busca de uma solução que nos ajude a retomar as aulas com segurança em meio a pandemia que nos afastou do convívio social há quatro meses. Poder contribuir positivamente para o bem-estar das pessoas é excelente”, declara a jovem.

Resultado final

No dia 18 de agosto, serão divulgadas as 30 equipes que foram aprovadas para participar da segunda fase. Elas terão até 4 de setembro para submeter mais informações do projeto.

A divulgação do resultado final será feita em 25 de setembro, quando serão conhecidos e premiados, os três primeiros colocados e os times que se destacaram em cada um dos quatro critérios de avaliação.

A Indústria contra o coronavírus: vamos juntos superar essa crise

Acompanhe todas as notícias sobre as ações da indústria no combate ao coronavírus na página especial da Agência CNI de Notícias.

Relacionadas

Leia mais

Jornal Olá, Mundo! relembra melhores momentos da temporada 2019/2020 de robótica
VÍDEO: Competições de robótica antes e depois da pandemia
Deu Brasil no Global Innovation, maior prêmio de inovação da robótica!

Comentários