Miniempresa da Escola SESI Cambona ganha prêmio da Junior Achievement

Com um vaso multiuso feito a partir da casca de sururu recolhida no entorno da lagoa próxima à unidade de ensino, os criadores da miniempresa Manutilidades vão agora para a etapa regional do programa
O projeto, que incentiva a entrada no mercado de trabalho pelo método "aprender fazendo", já ajudou jovens da equipe na escolha pela profissão do futuro

A miniempresa Manutilidades, fundada e administrada por estudantes da Escola SESI Cambona, conquistou o grande prêmio do Programa Miniempresa 2018, uma iniciativa da Junior Achievement que visa a estimular o espírito empreendedor nos jovens em idade escolar. O programa simula a constituição e funcionamento de uma empresa.

A diretora da escola, Alessandra Damacena, explica que os alunos atuam de verdade em todas as etapas do negócio. “Essa é uma proposta que tem a cara da educação do Serviço Social da Indústria (SESI) e do Serviço Nacional de Aprendizaem Industrial (SENAI) que, além dos conteúdos fundamentais, dissemina a cultura da educação empreendedora”, disse.

O resultado, afirma ela, não poderia ser diferente: o reconhecimento e a premiação como melhor miniempresa da jornada de 2018 da Junior Achievement. As miniempresas que participaram da formatura, na última quarta-feira (03), na Casa da Indústria Napoleão Barbosa, foram a EcoSup e a SustenCoco, da Escola SESI e SENAI do Benedito Bentes e a Manutilidades, da Escola SESI Cambona.

"Essa é uma proposta que tem a cara da educação do SESI e do SENAI", afirma Alessandra

Com um vaso multiuso feito a partir da casca de sururu recolhida no entorno da lagoa próxima à unidade de ensino, os criadores da miniempresa Manutilidades vão para a etapa regional do programa. O produto foi exposto durante a Feira de Miniempresas, que aconteceu em fevereiro último, no Maceió Shopping.

Foram 15 sábados de curso e muito aprendizado. O aluno Gabriel Gomes, que faz parte da equipe criadora da Manutilidade, conta que viu o nascer da miniempresa, desde a escolha do nome até o processo da venda de ações.

“Tudo o que aprendemos será levado para nossa vida toda, desde como trabalhar em equipe quando ideias são contrárias, até sobre investimentos, capital de giro e como montar uma empresa do zero”, disse.

A presidente da Manutilidades, estudante Ana Beatriz, revela que a experiência foi nova e diferente, porque o programa da Junior Achievement surgiu em um momento importante da vida dela. “Era quando eu estava tentando decidir o que eu queria fazer, qual curso eu iria escolher e eu estava com muita dúvida”, lembra.

A miniempresa “abriu” os olhos da garota em relação ao empreendedorismo. “É uma área que eu achava que não iria me dar bem, mas, eu descobri ter um pouco de vocação para isso e gostar também”, concluiu.

Informações e imagens sobre a miniempresa dos alunos da Escola SESI Cambona podem ser acessadas no Instagram @manutilidades_s.a.

Relacionadas

Leia mais

Estudantes do SESI de Maceió são premiados na maior feira de iniciação científica do país
Da Bahia para Abu Dhabi: estudantes do SESI vão representar o Brasil no mundial de Fórmula 1 nas Escolas
VÍDEO: Veja como o SESI e o SENAI estimulam a inovação em sala de aula e nas indústrias

Comentários