Indústria capixaba será destaque em programa de TV

Equipe do Pequenas Empresas & Grandes Negócios conheceu estrutura da empresa Café Caramelo

Serviço, relacionamento e defesa de interesse. Esses são os eixos promovidos pelo Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA), desenvolvido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e aplicado no Espírito Santo pelo Centro de Apoio aos Sindicatos (CAS) da Findes para fortalecer a representação sindical. Com o intuito de mostrar o desenvolvimento de micro e pequenas empresas por meio das ações do Sistema Indústria, o programa Pequenas Empresas & Grandes Negócios, da Rede Globo, esteve no Estado para conhecer a empresa Café Caramello.

Para a gerente executiva de Desenvolvimento Associativo da CNI, Camilla Cavalcanti, ser um associado abre portas para o pequeno empresário. "É por intermédio do sindicato que as empresas têm acesso aos serviços do Sistema Indústria, ou seja, do Sesi, do Senai e do IEL. É o momento em que o empresário se informa sobre empreendedorismo e ganha uma direção para prosperar no seu negócio e crescer", afirma.

E foi esse caminho que a Cristina Pascoli Tongo, diretora do Café Caramello, seguiu. Em 2013, após se associar ao Sindicato da Indústria de Café do Espírito Santo (Sincafé), a empresária começou a participar do PDA e, consequentemente, usufruir dos serviços oferecidos pelo Sistema Findes. "A capacitação foi fundamental no meu crescimento. Em um dos cursos do IEL, por exemplo, pude entender a gestão financeira da minha empresa. No Senai, aprendi sobre a rotulagem e melhoria na formulação do produto. No Sesi, me especializei na manipulação de alimentos e aprendi sobre as normas específicas da indústria. Esses são pequenos exemplos dos serviços que obtive a partir do momento em que me associei ao sindicato", conta.

Os conhecimentos adquiridos por Cristina trouxeram resultados positivos. Além de uma redução de 50% no custo total da empresa, atualmente o Café Caramello é distribuído para oito Estados e exportado para quatro países (China, Coréia, Alemanha e Estados Unidos). "Aprendi a importância do associativismo dentro de uma gestão. Competimos no mercado, mas temos as mesmas necessidades e demandas, e isso faz com que a federação, juntamente com os sindicatos, fomente o desenvolvimento mútuo e a competitividade de todos", disse.

O gerente do CAS, Darcy Lannes, enfatiza que não basta apenas ser associado: é preciso ser participativo. "A participação do empresário nas ações o torna mais competitivo, melhor articulado e com mais conhecimento sobre diversas legislações. E para atingir todos os empresários de micro e pequenas empresas é que, desde 2011, início da gestão do presidente Marcos Guerra à frente da Findes e do Diretor Egidio Malanquini no CAS, o PDA também é realizado nas Diretorias Regionais da entidade no interior”, ressalta.

Sobre o Café Caramello

O Café Caramello é um blend dos cafés Conilon e Arábica produzidos 100% no Espírito Santo. Produto inovador, não contém glúten, lactose, conservantes e emulsificantes. O Café Caramello vem em potes de vidro, já pronto para consumo.

A fábrica tem sede no Civit II, Serra, e gera 19 empregos diretos. Produz 27 mil potes de Café Caramello por mês, aperfeiçoando e planejando os próximos passos com acompanhamento mensal por consultor financeiro, de marketing, de exportação, de gestão e de qualidade, além de engenheiro de alimentos e nutricionista.

Hoje, a Café Caramello conta com 43 microfranquias distribuidoras, em oito Estados: Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Goiás, São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Em 2016, a fábrica iniciou as exportações para os Estados Unidos, Alemanha, China e Coréia.

Relacionadas

Leia mais

Programa do SESI com o BID beneficia 360 micros e pequenas empresas
Onze cursos do SENAI direcionados à Indústria 4.0
Ex-presidente da CNI Albano Franco lança livro com coletânea de textos

Comentários